10 de jul de 2015

SEU FILHO BEBE ÁGUA SUFICIENTE?

Bom dia,

já falamos sobre o consumo de água aqui, mas li esta reportagem semana passada e o que me chamou a atenção foi a seguinte estatística americana: mais da metade das crianças e adolescentes no país não bebe água o suficiente"(Fonte: American Journal of Public Health). Achei a noticia alarmante e resolvi chamar a atenção para o assunto novamente! E tem outra ainda PIOR: Pesquisadores constataram que cerca de uma a cada quatro crianças nunca bebe água “pura”, apenas outros líquidos, como sucos e refrigerantes.


Normalmente, mães e pais se preocupam em manter as crianças hidratadas no verão, mas se descuidam durante o inverno. É claro que o risco de desidratação durante as altas temperaturas é maior, uma vez que o calor faz com que as pessoas transpirem mais e, consequentemente, eliminem mais água do organismo. Porém, no inverno, a transpiração também acontece, só que por meio de outros mecanismos. O uso de aquecedores, que tem se tornado cada vez mais comum, contribui para isso, sem contar que deixa o ar mais seco.

Como a água é um elemento essencial na maioria dos processos do metabolismo, a falta de hidratação adequada pode causar prejuízos, tanto nos sistemas circulatório e excretor até na regulação da temperatura do corpo. Nos casos extremos de desidratação, há possibilidade de crise convulsiva e óbito.

Para saber se a criança está bem hidratada, a melhor maneira é observar a urina, avaliando a cor, o volume e a frequência com que seu filho vai ao banheiro. O ideal é que o xixi seja claro, abundante e eliminado muitas vezes ao longo do dia. Outro sinal é observar a mucosa da boca, já que saliva tem que estar fluida, líquida, não espessa, como um chiclete. Olho encovado (conhecido como “olho fundo”) com pouco brilho e choro sem lágrimas também serve de alerta.

SOMENTE SUCO NÃO VALE!!! Hoje, as pessoas estão substituindo a água por outros líquidos, que contêm grande quantidade de sais e glicose, como os sucos. Deste modo, as crianças não querem beber água porque ela não tem sabor e, entramos o circulo vicioso, pois os pais passam a ofertar outros líquidos, e a água fica, novamente para trás. Por sua vez, a criança percebe que os sucos são mais doces, saborosos e então param de tomá-la.

Algumas dicas podem ajudar seu filhote a se manter sempre hidratado:
  1. Esta dica é a velha de sempre: a família deve dar o exemplo. Se os pais estão acostumados a ingerir água, a criança também vai aprender;
  2. A criança não vê muita graça em parar a brincadeira para se hidratar (principalmente as pequenas), por isso é preciso oferecer o líquido regularmente ao longo do dia;
  3. Na hora do almoço ou do jantar, a criança normalmente acaba se satisfazendo com o suco em vez de comer, porque é mais fácil e doce. Para não prejudicar o apetite, melhor oferecer líquidos entre as refeições;
  4. Deixe sempre uma garrafa d’água à mão: seja na bolsa, no carro, na sala de brincar ou no quarto da criança.
E agora qual é a resposta para a pergunta: SEU FILHO BEBE ÁGUA SUFICIENTE?


Nenhum comentário:

Postar um comentário