5 de jun de 2015

REFRIGERANTE X ÁGUA

Oi gente!!
Hoje é sexta-feira e feriadão para muitos. E, euzinha, acabei de voltar do Rio Grande do Sul após quase duas semanas de friozinho, chimarrão e de colocar parte das minhas botas em uso!!! Assim, para não cansá-las vou aproveitar uma imagem que vi esta semana no Instagram e que está relacionada com o assunto da semana passada: bebidas açucaradas, mais especificamente um duelo dos refrigerantes x água!!


Para mim, já é o suficiente e nem precisa de comentários!!! hehehe To rindo, mas é triste, pois quantas crianças vemos bebendo refrigerante, inclusive dentro das próprias mamadeiras???

Caso a imagem não tenha valido por mil palavras, vamos lembrar de algumas coisinhas:
  • Segundo dados do Ministério da Saúde do ano de 2009, 76% dos brasileiros consomem refrigerantes e sucos artificiais pelo menos uma vez por semana, sendo que 27,9% consomem cinco vezes ou mais por semana. Entre os jovens de 18 a 24 anos, o consumo é ainda maior, 42,1% consomem refrigerantes quase todos os dias.
  • O perigo do excesso de refrigerante não está só no açúcar. E olha que uma latinha de refrigerante comum tem bastante: o equivalente a 3 colheres de sobremesa de açúcar.
  • Algumas bebidas vendidas como se fossem águas aromatizadas, como o Aquarius Fresh e a H2OH são de fato refrigerantes, contendo acidulantes, conservantes, aromatizantes, sequestrantes e edulcorantes (ciclamato de sódio, aspartame, acesulfame de potássio e etc). Os efeitos colaterais dessas substâncias químicas no uso prolongado ainda não estão totalmente definidos, mas há indícios que algumas delas podem aumentar o desenvolvimento de doenças, como o câncer.
  • O benzoato de sódio, por exemplo, que é um conservante utilizado na maioria dos refrigerantes, pode desencadear uma reação com outros componentes da bebida, como o ácido ascórbico (vitamina C), formando benzeno que, se ingerido por longos períodos de tempo, podem aumentar o risco para o desenvolvimento de câncer.
  • Essas bebidas têm alta concentração de sódio, o que aumenta o risco para hipertensão e doenças renais.
  • A água realmente é essencial à vida, tanto que ela é o principal componente do nosso corpo, cerca de 60% do nosso peso é constituído de água. E quanto mais jovens somos, maior a o percentual de água no nosso corpo. E não espere sentir sede, pois ela já é um sinal de desidratação.





Nenhum comentário:

Postar um comentário