3 de abr de 2015

A PÁSCOA E O CHOCOLATE!!!

Bom dia, hoje é sexta feira e adivinhem o que está bem pertinho agora?? A Páscoa!!! Eba! Minha data festiva favorita!! Não só pelos chocolates, mas pelo clima, pelos enfeites, por tudo na realidade!!! Assim, claro que o assunto de hoje não poderia ser outro se não chocolate!! 

Eu, particularmente, amo um chocolatinho, mas até que consigo me controlar (a maior parte do tempo...hehehe) e diariamente, comer quantidades moderadas, tanto que tem anos que chego a ter chocolate suficiente até agosto ou setembro! Claro que alguns truques ajudam, como não gostar dos famosos ovos!! Prefiro as barras mesmo, pois é muito mais fácil fracioná-las e, olha que meus pais adquiriram há muitos anos o hábito de nos dar barras de 1kg de chocolate! Isto mesmo, mas ou minha mãe fraciona ela mesmo e faz embalagens individuais muito coloridas de papel crepom (pena que não tenho foto) ou eu, assim que ganho a barra corto os pedacinhos e embalo em papel filme.


Mas se este não é seu caso, seguem algumas coisas que você precisa saber para fazer com que seus pequenos e até você passe pela Pascoa sem dores de barriga, vômitos ou alguns quilinhos a mais!

O consumo de chocolate não deve ultrapassar 30 gramas por dia, em função dos altos teores de açúcar e gordura. No caso de crianças, o consumo de chocolate por bebês de dois anos ou menos não deve ser cogitado.

Como já mencionei, o consumo excessivo de chocolate pode causar problemas como obesidade, enxaquecas e diarreia. Por outro lado, alguns especialistas apontam que, se ingerido em pequenas quantidades, pode fazer bem ao coração, já que a alta concentração de cacau que possui flavonóides, epicatequinas e ácido galático tem ação antioxidante e ajuda manter o coração e as células saudáveis. Além disto, o chocolate traz em sua composição substâncias tidas como estimulantes como à cafeína e a teobromia. Uma barra de chocolate possui, aproximadamente, 10 mg de cafeína que ajuda a elevar o estado de euforia, agitação e raciocínio.E para vocês, mamães, seus componentes possuem efeitos sobre a serotonina e a dopamina cerebrais, substâncias responsáveis na regulação do humor e nos comportamentos compulsivos, ajudando a tratar casos de depressão, tensão-pré-menstrual (TPM) e ansiedade.

Cada tipo de chocolate possui propriedades diferentes. O chocolate branco, por exemplo, possui uma elevada quantidade de gordura em sua composição. Já os chocolates lights, em contrapartida, têm menos gordura e, consequentemente, menos calorias. Há também opções de chocolates à base de soja, para pessoas com intolerância à lactose ou glúten.

No caso do chocolate diet, que é indicado para diabéticos, é necessário ter cuidado. Embora não possua açúcar, ele é contraindicado para pessoas com restrição calórica ou dieta, pois seu teor de gordura é maior para garantir a consistência do chocolate.

Ao contrário do modelo ao leite e branco, o chocolate meio-amargo ou amargo são os mais saudáveis, eles possuem alta concentração de cacau (acima de 70%). O cacau possui flavonóides, epicatequinas e ácido galático que tem ação antioxidante e ajuda manter o coração e as células saudáveis. A regra é quanto mais escuro o chocolate, mais flavonóides ele tem, portanto mais saudável.
 Fonte.

O chocolate deve ser consumido de forma adequada, pode ser indicado também antes da pratica de atividade física, pois fornece energia. Pode ser consumido 1 hora antes com dosagem controlada e escolhendo o tipo de chocolate menos calórico e mais saudável.

Assim fica a pergunta: Ovo de Páscoa, quanto e quando consumir? O chocolate deve ser consumido de preferência no lanche da tarde ou da manhã, se possível sempre com um pedaço de fruta junto. Uma porção do tamanho de um bombom (30g). Coma devagar e com calma, isto fará com que a digestão seja mais lenta, e você ficará satisfeito com menos quantidade. Isso não é uma regra e depende das condições nutricionais individuais

Por último uma informação que a maioria das pessoas não se dá conta: evite os chocolates brancos, pois são feitos de manteiga de cacau, não possuem os flavonóides e possuem mais gordura. Evite também os trufados, com mousse, marshmallow e crocantes, pois estes ingredientes irão aumentar o teor de gorduras e calorias. 

IMPORTANTÍSSIMO: Independente da quantidade de chocolates que vocês decidirem comer, não esqueça, o real significado desta data. OK?

Esperamos que tenham uma boa Páscoa junto a sua família e que estas dicas sejam muito uteis!!





Nenhum comentário:

Postar um comentário