27 de fev de 2015

CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS - PARTE II

Bom dia, quem leu o post da semana passada já sabe que comecei uma série em que estamos falando sobre conservação de alimentos. Usei o verbo no plural, pois tenho uma amiga me ajudando: a Cláudia Canali, que além de nutricionista também trabalha em cozinhas industriais e entende muito do assunto. Semana passada foi a vez dos alimentos guardados à temperatura ambiente, hoje decidi antecipar o assunto dos alimentos refrigerados e congelados, com outro tópico importante: a organização e limpeza do seu refrigerador. Falo disto, pois já vi muita geladeira (como as vovós chamavam) precisando de limpeza e arrumação.

Diferentemente do que muitos pensam, a organização de uma geladeira não se trata apenas de um mero capricho. Quando os alimentos estão devidamente ordenados até mesmo a vida de quem lida com o ambiente da cozinha tende a ser facilitada. Não obstante, uma mínima organização já é capaz de reduzir em muito as chances de ocorrerem desperdícios de alimentos.


Primeiro passo – Limpando a geladeira
  • A geladeira deve ser limpa por dentro e por fora toda semana, de preferência antes de fazer as compras dos alimentos. Devemos retirar todos os alimentos de dentro, verificar o prazo de validade e guardar os alimentos mais novos no fundo e os com vencimento mais próximo na parte da frente para serem utilizados primeiro.
  • O ideal é usar uma esponja ou pano úmido com água morna e sabão neutro. Nunca utilize detergentes ou produtos que possam deixar odores na geladeira, pode-se fazer uma solução de 2 litros de água morna com 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio. Não coloque panos ou plásticos para forrar as prateleiras da geladeira, eles dificultam a circulação do ar frio.
  • Não abra muitas vezes a porta da geladeira e não a deixe aberta por muito tempo. Organize o cardápio e retire tudo o que irá utilizar de uma só vez. Assim você evita o desperdício de energia elétrica e a variação de temperatura.
  • No caso de refrigeradores que não são frost free, será necessário também o descongelamento da camada de gelo do freezer. Para descongelar mantenha a porta da geladeira entreaberta horas antes da limpeza.

Segundo passo – A organização efetiva dos alimentos

Comece a organizar a geladeira de baixo para cima, além disso, tenha em mente que cada área da geladeira possui uma temperatura diferente. Abaixo você confere quais são os lugares mais indicados para o armazenamento de cada um dos alimentos (encontrei um esqueminha bem legal e ilustrativo).
  1. Gavetas : Na gaveta procure guardar alimentos como verduras e legumes, colocando-os antes em sacos plásticos. Isso evita que o frio do congelador queime as folhas.
  2. Primeira prateleira: Nessa região que é a que fica imediatamente acima da gaveta, procure guardar as frutas. Vale ressaltar que as macias devem ser guardadas em bandejas, ao passo que as mais consistentes podem ser armazenadas em sacos plásticos.
  3. Segunda prateleira: Procure deixar nessa área da geladeira os alimentos que serão consumidos mais rapidamente, os exemplos incluem torta, bolos e pudins. Lembre-se de guardá-los sempre em recipientes com tampas.
  4. Terceira prateleira: Ao invés de guardar os ovos na porta da geladeira (refrigerados é mais adequado, apesar do que muita gente diz), procure guardá-los na terceira prateleira. Dessa forma você evita que ele sofra oscilação de temperatura em função dos momentos em que a porta é aberta. Além disto, os ovos devem ser armazenados nos porta ovos, nas prateleiras, nunca nas embalagens de papelão ou isopor. Essa área também é indicada para guardar sobras de alimentos, que nunca devem ser guardados na geladeira nas panelas. Eles devem ser retirados da panela e armazenados em potes com tampa para evitar que peguem ou passem cheiros para os outros alimentos. Para preparações com molho e ensopados é mais interessante utilizar potes de vidro, pois são mais fáceis de lavar e não ficam manchados.
  5. Porta da geladeira: Na porta da geladeira você pode guardar compotas, ketchup, maionese, mostarda, geléia, refrigerantes em latas, caixas abertas de suco ou leite e alimentos infantis.
Sendo assim, um resumo bem simples é: A geladeira não deve ficar muito cheia de alimentos e as prateleiras não devem ser cobertas por panos ou toalhas, porque isso dificulta a circulação do ar frio. Nas prateleiras superiores armazene os alimentos preparados e prontos para consumo, nas prateleiras do meio os produtos pré-preparados e nas prateleiras inferiores, os alimentos crus.
Observações:
Alimentos enlatados: depois de abertos, alimentos como molhos de tomate, ervilha, milho, creme de leite, leite condensado, sardinha, atum, devem ser retirados da lata e colocados em embalagens fechadas com tampa.

Alimentos acondicionados em embalagem tetrapak: verificar o prazo de validade dado pelo fabricante.

Frios precisam de boa refrigeração, devem ser armazenados na parte superior da geladeira. O queijo fresco deve ser retirado da embalagem, escorrer a água e guardar em pote com tampa para não ressecar.

Os ovos não devem ser lavados, pois, ao lavá-los acaba-se retirando a sua película protetora, aumentando a porosidade da casca e facilita a entrada de bactérias. Deve-se retirar a sujeira com um pano seco ou papel toalha.

E o seu refrigerador esta em ordem??? Hehehe esperamos que sim!


Beijos e até a próxima semana.


Nenhum comentário:

Postar um comentário