30 de jan de 2015

UM É BOM, MAS DOIS É BEM MELHOR!!!

Olá!!! Hoje o tema é alimentação, não somente para os pequenos, mas sim para a família toda! Muitos dos alimentos que consumimos diariamente como feijão, brócolis, azeite de oliva, banana e etc, têm boas fontes de fibras vitaminas, minerais e tal, mas o que muita gente não sabe é que a combinação de dois deles pode nos trazer muito mais benefícios!! Assim, se soubermos fazer as combinações certas podemos multiplicar os benefícios dos alimentos que estamos colocando na mesa da nossa casa!
Sendo assim, resolvi colocar aqui algumas combinações que fazem ótimas parcerias e podem nos garantir uma refeição muito mais nutritiva!

LARANJA + FEIJÃO


A popularidade da dupla feijoada (ferro) com laranja (vitamina C) não é à toa. Essa é, de longe, a combinação mais conhecida, justamente por trazer bons resultados para a sua saúde. Especialmente em pacientes com anemia. No tratamento é recomendado que eles consumam suplementos com as duas substâncias, além de aliar a ingestão de alimentos que as contenham.
O consumo da vitamina C (ácido ascórbico) aumenta o aproveitamento do ferro não-heme (aquele que é fornecido pelos vegetais) porque o mantém em sua melhor forma de absorção. Por essa razão, é tido como um estimulante da absorção do mineral. Outra sugestão para unir as duas ações é beber suco de laranja no almoço, em que seja consumido feijão. O abacaxi de sobremesa também é uma alternativa.
Quantidade recomendada: 1 laranja para cada 5 colheres (sopa) de feijão.

BRÓCOLIS + AZEITE

Os benefícios desse vegetal são muitos, com destaque para a melhora na coagulação do sangue e neutralização dos radicais livres.
O brócolis faz parte do grupo de alimentos ricos em vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), e elas dependem da presença de gorduras para ser absorvidas pelo corpo. Por isso, ingerir brócolis na companhia de azeite de oliva extra virgem, óleos vegetais, castanhas ou abacate é ideal.
Quantidade recomendada: 1 colher (sopa) de azeite para cada 3 buquês de brócolis. Agrião, abóbora, espinafre, repolho e couve também se beneficiam dessa combinação.

BANANA + AVEIA

A fruta, conhecida por prevenir cãibras, deve ser vista com cautela por quem está de dieta, já que é uma opção calórica e rica em carboidrato.
A boa notícia é que basta salpicar um pouco de aveia para obter benefícios e sua ingestão valer a pena. O cereal diminui a absorção do carboidrato presente na banana, reduzindo o índice glicêmico. E torna a combinação uma boa pedida principalmente antes da prática de esportes.
E há outros ganhos com as fibras solúveis adicionadas à fruta: elas auxiliam na manutenção dos níveis saudáveis de colesterol, no bom funcionamento do intestino e na prevenção do câncer de cólon.
Quantidade recomendada: 2 colheres (sopa) rasas de aveia para cada banana (O ideal é comer a combinação pela manhã ou 1 hora antes de praticar atividade física).

ARROZ + FEIJÃO

Essa parceria típica dos cardápios brasileiros é perfeita para a saúde, de acordo com nutricionistas. Todo o sucesso da dupla se dá pelo fato de que esses alimentos são complementares, pois aquilo que um não fornece o outro proporciona. Enquanto o arroz apresenta mais metionina do que o feijão, este tem mais lisina do que o arroz.
Além disso, esses dois geram uma proteína que ajuda na reparação de tecidos do corpo, mantém estável o nível de glicose (o que diminui o risco de diabetes) e ainda auxilia na proteção contra as cáries.
O arroz contribui com a digestão e a absorção do ferro presente no feijão – a versão integral, repleta de fibras, é ainda melhor. E a dupla tem baixo índice glicêmico, o que significa que a energia é liberada aos poucos na corrente sanguínea e a sensação de saciedade dura mais tempo.
Quantidade recomendada: 1 colher grande (daquelas próprias para servir) de arroz para cada 1/2 concha de feijão.

ALHO + SALADA


O alho é um bom substituto do sal e dos temperos artificiais, que têm altíssimo teor de sódio. Vale, portanto, em vez de comprar molhos prontos para salada, fazer o seu em casa e, sempre que possível, procurar adicionar alho (eu me “treinei” para não consumir nenhum tipo de tempero em saladas, por um lado é ruim pois deixo de consumir azeite de oliva, por exemplo, mas por outro não aumento minha ingestão de calorias, gorduras ou sódio).
Além de garantir mais sabor, ele auxilia no controle do colesterol e da pressão arterial. Um benefício extra: tem ação antifúngica e, por isso, ainda pode ajudar a preservar os alimentos mais suscetíveis a contaminações, como é o caso de vegetais crus em geral.
Quantidade recomendada: 1 ou 2 dentes de alho para cada prato de sobremesa de salada.

PÃO INTEGRAL + PEITO DE PERU


É uma ótima opção de lanche light que deixa você satisfeita por muito tempo. Proteínas magras, como o peito de peru, prolongam a sensação de saciedade até quando ingeridas com carboidrato refinado. Imagine, então, com integral.
Só para vocês terem uma ideia, isoladamente, o pão branco leva cerca de uma hora para ser digerido. Como o processo é rápido, para a fome demorar mais a dar as caras ele precisa ser consumido com uma boa fonte de fibras, uma proteína ou até uma gordura boa. Por isto, sempre é melhor dar preferência aos pães integrais com amêndoas, castanhas ou nozes na composição.
Quantidade recomendada: 2 fatias de pão integral com 4 fatias de peito de peru.

BANANA + CANELA


A banana entra em cena novamente; desta vez, por ser rica em triptofano, aminoácido que produz serotonina, hormônio neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar. Quando consumida com canela, a liberação dessa substância é potencializada. Além disto, a especiaria também diminui os níveis de açúcar no sangue, evitando que o organismo armazene-o em forma de gordura, assim como tem ação antioxidante e anti-inflamatória.
Também é uma ótima estratégia para segurar a vontade de comer doces, já que ela reduz a compulsão por estes e ajuda quando se está passando por algum tipo de restrição.
Quantidade recomendada: 1 colher (chá) rasa de canela em pó para cada banana. Uma opção é salpicar a fruta em rodelas com a especiaria e deixar por cerca de um minuto no micro-ondas (adoro esta receitinha e faço sempre!!!).

Ótimas combinações!!! Concordam??

Beijos e até a próxima sexta-feira!


7 comentários:

  1. Amei as dicas
    realmente ótimas combinações

    Lindo Dia
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  2. Luciana quanta combinação boa!! Eu acrescentaria abacaxi + hortelã. Além do famoso suco, uma nutricionista me falou que faz muito bem!!
    Está rolando concurso cultural lá no blog
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade...vamos adicionar a lista!!!
      Obrigada pela contribuição!

      Excluir
  3. Oi Nanda!!! Que bom que gostou fico muito feliz em ter a tua cia!!!
    Beijao e um ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  4. Dicas mais que importantes, não apenas para uma boa alimentação dos pequenos, mas da familia toda =)

    ResponderExcluir
  5. Olá Ariane, que com que concordas!!! Muita gente, por não ter o hábito, não acha importante!

    ResponderExcluir
  6. Gostei das dicas, geralmente a Allice adora mesmo o feijão com arroz, mas nunca chupa laranja junto, por sianl mal chupa laranja. ama banana amassada com chocolate, vou tentar colocar a canela, aqui brócolis é mais difícil achar, mas ela adorava no aroz. Amei tudo, passa no blog pra ver as novidades, bjs

    ResponderExcluir