25 de jul de 2014

MARGARINA X MANTEIGA: QUAL A DIFERENÇA?

Esta semana o post vem inspirado em um email que recebi do meu pai na semana passada, ele falava sobre o consumo de manteiga x margarina. As pessoas, em geral, adoram uma polêmica e existe muita informação errônea falando a respeito de alimentos pela internet. 

Eu, particularmente, odeio estes emails que circulam por aí fazendo alertas absurdos! Tipo hambúrguer de minhoca, engorda de patos através de tubos... assim os nas próximas semanas tentarei abordar alguns destes assuntos... caso você lembre de algum tópico, fique livre para mandar a sugestão, eu irei adorar!

Então vamos começar... você tem dúvidas na hora de escolher entre a margarina e a manteiga? Qual é melhor? Está fazendo a escolha correta? Uma dúvida bem comum é se a margarina é realmente melhor que manteiga por ser de origem vegetal e não animal. Além disto, vejo muitas recomendações mudando ultimamente, o que era o vilão ontem, pode ser o mocinho de amanhã. É só pensar no caso do ovo, do abacate e do próprio coco, que antigamente foram condenados e hoje são queridinhos da nossa saúde.

Tanto a manteiga como a margarina fornecem a mesma quantidade de calorias, mas diferença principal está na origem delas, assim seguem algumas informações:

Manteiga: produto originado pelo batimento da nata do leite, ou seja, a parte do leite que contém a gordura. Como ela é feita da gordura do leite, a manteiga é carregada com gordura saturada e colesterol. 

Margarina: produto à base de óleo vegetal hidrogenado. O processo de hidrogenação consiste na adição de hidrogênio ao óleo vegetal, permitindo, assim, a transformação da consistência líquida para a sólida, em temperatura ambiente. Com isso, a gordura insaturada fica parcialmente saturada e é formada a gordura do tipo trans. 

A gordura trans aumenta o nível do mau colesterol (HDL) e diminui o bom colesterol. Embora não contenha a gordura trans da margarina, a manteiga é mais rica em gordura saturada normalmente associada à obesidade e problemas do coração. Entretanto atualmente, a margarina ganhou alguns pontinhos, pois a mesma pode ser produzida sem a formação de gorduras trans. E, somando mais um ponto, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) obrigou os fabricantes de alimentos a indicarem no rótulo dos seus produtos a quantidade de gorduras trans presente nestes. Assim, se for optar por margarina, escolha as isentas de gordura trans.

Assim, só com estes dados podemos ver quem consome margarina não leva vantagem sobre o consumidor de manteiga. E fica claro que ambas apresentam restrições para o consumo, mas é como eu já disse inúmeras vezes, o segredo em consumir de tudo um pouco para manter o equilíbrio no geral.

E por último, vale a pena sempre olhar a listagem de ingrediente, pois na maioria dos produtos industrializados são adicionados outros aditivos que não são nada legais. Assim o critério de escolha será seu.

Gostaram? Gostaria da opinião de vocês para continuar a escrever os próximos posts!

Nenhum comentário:

Postar um comentário