19/09/2014

SAL NA ALIMENTAÇÃO (PARTE II)

Olá leitoras...

Hoje vou continuar o assunto da semana passada... excesso de sal na alimentação, sendo que já falamos da preocupação que tem se tornado por parte dos governos, as quantidades recomendadas, etc... 

Primeiramente gostaria de, novamente, enfatizar de onde vem esse consumo excessivo: segundo o Ministério da Saúde, isso se deve principalmente ao consumo de alimentos industrializados e também à adição de sal durante o cozimento ou à mesa e, entre as categorias de alimentos, destacadas pelo  mesmo, que participam da ingestão diária de sódio na população brasileira estão:


Ou seja, é você que escolhe o que esta ingerindo e também é capaz de mudar caso nao esteja fazendo da maneira mais adequada! Assim, também separei dicas superinteressantes para não exagerar na quantidade de sal e até diminuir o consumo... espero que gostem:
  1. Nas primeiras sopas e papinhas, você não precisa colocar sal, porque o paladar do bebê é melhor para os alimentos adocicados, como cenoura, beterraba e mandioquinha. Na papinha de legumes natural, se quiser, use caldo de carne ou de frango caseiro, e não há necessidade de adicionar mais sal. 
  2. Saiba que caldos industrializados (em pó, cubo ou lata) têm quantidades exageradas de sal e não devem ser utilizados. 
  3. Desconfie da quantidade de sal se, após a refeição, o seu filho reclamar de sede, mesmo depois de beber água. 
  4. Elimine o sal de mesa. Isso evita que os parentes que fazem as refeições a mesa com seu filho diminuam ou eliminem o hábito de adicionar sal no alimento já preparado. Lembre-se que a criança forma os hábitos alimentares através da observação do comportamento familiar. 
  5. Experimente temperos naturais como: alho, cebola, orégano, cheiro verde, manjericão, louro, alecrim e muitas outras. As ervas frescas e secas conferem sabor especial aos pratos e muitas vezes o sal pode ser eliminado da preparação. 
  6. Compre esporadicamente alimentos industrializados. Isso vale tanto para o salgadinho de pacote quanto para a sopa pronta, temperos concentrados, enlatados, macarrão instantâneo, embutidos, sucos de caixinha, refrigerantes, congelados, biscoitos doces e muitos outros. Além do alto teor de sódio, eles geralmente também são ricos em açúcares, gordura saturada e gordura trans. 
  7. Incentive o consumo de frutas e verduras ao invés de alimentos industrializados e em conserva.
  8. Sempre observe o rótulo dos alimentos. A quantidade de sódio pode variar significativamente de uma marca para outra, assim compare entre produtos da mesma categoria a quantidade de sódio e escolher aqueles que têm menor teor de sódio.
  9. Fique longe de produtos que contenham mais de 200 mg por porção.

Última informação que achei super interessante e, provavelmente, vai ser tema daqui a algumas semanas: não é somente a hipertensão infantil que preocupa tanto os pediatras e que os pais precisam estar atentos nos dias de hoje, mas também a obesidade. E uma maneira importante de reduzir a obesidade infantil é limitar a ingestão de sal. De acordo com um estudo publicado na revista Pediatrics, em janeiro deste ano, as crianças que ingerem maior quantidade de sal também consomem mais bebidas açucaradas (Fonte: http://pediatrics.aappublications.org/content/early/2012/12/05/peds.2012-1628.abstract). 


O que acharam? Espero que tenham gostado!!


18/09/2014

LOOKINHO DA SEMANA - VESTIDO E TÊNIS

O lookinho desta semana é mega especial porque foi a Lili que escolheu. Com 2 anos e 11 meses eu deixo ela escolher "algumas" das peças de roupa que vai usar, explico: eu começo e look e ela termina do jeitinho dela, escolhe o sapato, os detalhes do cabelo, se quer vestir calça, bermuda, vestido ou saia, aos poucos ela vai criando personalidade e identidade para se vestir sozinha.

No look da semana, eu sugeri o vestido e ela complementou com os acessórios. Achei o resultado tão fofinho que registrei as escolhas dela. Reparem que foi ela que colocou o tênis nos pés, e é por isso que estão trocados.

Estamos passando pela fase que a criança quer mostrar que consegue fazer as coisas sozinha. Eu estou curtindo muito este momento porque é divertido e cheio de aprendizado para ambos os lados.


Lili veste

Vestido da Kyly
Tenis da Ortopé
Laço Menina de laço

16/09/2014

MENINA DE VESTIDO - SONHO MÁGICO

Este verão os vestidos serão os "queridinhos" do criança bem vestida. Mostrarei todos os modelos que a Lili e eu mais amamos.

Hoje mostro alguns modelinhos da Sonho Mágico, a marca preparou peças lindas, bem rodadas e fofíssimas para as nossas babys.

Para uma menina um vestido não é somente uma peça de roupa. Com ele os sonhos se realizam: elas contam histórias, constroem um mundo encantado! Meninas de vestido se tornam bailarinas, princesas e bonecas. Com um vestido rodado elas podem ser tudo!

Amamos esta peça do vestuário feminino.

 Imagens da campanha Sonho Mágico (2015)

 Imagens da campanha Sonho Mágico (2015)

Imagens da campanha Sonho Mágico (2015)

15/09/2014

QUITANDINHA DA KEKO

Estou esperando um verão muito colorido e alegre para este 2015. As cores invadiram a moda e isso é muito empolgante pois eu adoro a moda colorida!

As novidades da Keko baby para esta nova estação entram dentro deste clima de calor, cor e alegria. A marca preparou uma coleção cheia de frutinhas e florzinhas para o verão.

Release:

Hoje é dia de feira, e a nossa Quitandinha já esta preparada! Com frutas e cores para a estação mais delicia do ano ! Nosso Primavera-Verão chegou com todos os sabores! 

Tem romã, abacaxi, tomate, cenoura e tudo que você imaginar! Mas o que não falta é melancia! 

E você vai deixar o bebê de fora dessa salada Keko toda estilosa-fresquinha-colorida que é uma delicia de vestir?! Vem conhecer a Quitandinha Keko, Verão 2015 e se deliciar com frutinhas e flores para todos os bebês! 

Experimente nossa Quitandinha!









12/09/2014

SAL NA ALIMENTAÇÃO (PARTE I)

Olá...

O post de hoje vem dedicado a outro vilão da alimentação quando é consumido em excesso: o sal ou, mais precisamente, o sódio!

O consumo excessivo de sal pode ser tão nocivo que a preocupação com o consumo do mesmo fez com que, recentemente, várias ações a nível nacional fossem tomadas para que o consumo deste fosse reduzido, assim uma parceria firmada em 2011 entre o Ministério da Saúde e a Associação das Indústrias da Alimentação garantiu redução de sal em pães de forma, bisnaguinhas e macarrões instantâneos. A previsão é que a retirada de sódio nesses produtos alcance mais de mil e oitocentas toneladas até o fim deste ano e mais de 28 mil toneladas até 2020.

Mas porque toda esta “confusão”? Pois a alimentação rica em sódio é a principal causa da hipertensão, que é uma doença que pode afetar crianças, adultos e idosos, independente de gênero e classe social. Está relacionada com a força que o sangue realiza contra as paredes das artérias para bombear o sangue por todo o corpo. Na maioria dos casos, a doença apresenta sintomas em fases muito avançadas, quando a pressão aumenta de forma abrupta e exagerada, podendo provocar infartos e AVCs.

A recomendação de consumo máximo diário de sal pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de menos de cinco gramas por pessoa. No entanto, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que o consumo do brasileiro está em 12 gramas diários, valor que ultrapassa o dobro do recomendado (Fonte:http://dab.saude.gov.br/noticia/noticia_ret_detalhe.php?cod=1671). Ou seja, temos muito trabalho pela frente.

Vamos lembrar de uma coisa: o sal de cozinha, também conhecido como NaCl (para quem lembra das aulas de química) não é tecnicamente sinônimo de sódio, já que é composto de dois elementos e, cada 1 g de sal, tem aproximadamente 0,4g de sódio, ou seja, 40% do sal é sódio.

Além disto, os alimentos industrializados possuem altas concentrações do componente, já que ele é um ótimo conservante e auxilia na preservação do produto e da sua vida útil. Assim, o sódio pode estar presente em alimentos que nem imaginamos como as famosas bolachinhas recheadas. De acordo com o Ministério da Saúde, 70% do sal consumido pelo brasileiro vêm da alimentação feita em casa e 30%, de produtos industrializados.

E como saber a quantidade correta? É preciso ter cautela com a quantidade, pois um organismo em atividade tem necessidade de 2,3g de sódio e o Ministério da Saúde recomenda o consumo de 2g diariamente, o que equivale a 5g de sal de cozinha. Isto equivale, em medida caseira a uma tampa de caneta, onde temos a quantidade recomendada para o dia todo. Isso sem contar os sais de outras fontes de sódio como carnes, pães e cereais, que certamente têm uma quantidade mínima de sódio, mas que somada àquela do sal de cozinha pode ultrapassar o recomendado.

Para as crianças, essa necessidade varia de acordo com a idade. Do nascimento até o sexto mês de vida, a alimentação deve ser exclusivamente o leite materno, que tem tudo o que o bebê precisa para se desenvolver bem. De 6 meses a 1 ano, a criança precisa de aproximadamente 200 mg (0,2g) de sódio por dia. Já as crianças maiores, que têm entre 12 e 15kg, precisam de aproximadamente 260 mg (0,26g).

Assim, aí é que entra a sua parte minimizando a quantidade de sal que utiliza, já que a criança irá se adaptar à quantidade de sal que você vai colocar em sua comida. Resultado: muito sal poderá acostumá-la a uma alimentação salgada. E se, mais tarde, você quiser diminuir a quantidade de sal na dieta, será bem mais difícil para seu filho se acostumar.

No post da próxima semana confira algumas dicas importantes para o dia a dia para reduzir a quantidade de sal na alimentação dos seus pequenos e do restante da sua família...


Gostaram??? Espero que sim!!


11/09/2014

ANIMAL PRINT NAS CORES DO ARCO ÍRIS

O animal print que eu mais amo e que caiu na graça da maioria das brasileiras é a oncinha. Você sabia que esta padronagem faz sucesso há mais ou menos uns dez anos? Nas primeiras versões elas apareciam na moda com suas cores tradicionais, imitando as manchas dos animais, mas com o tempo foram ganhando cores, novas formas e ficaram mais alegres e bonitas.

A graça do animal print desta estação é que está mega colorido, um arco íris de cores super lindo!

Os lookinhos abaixo são da Kyly, e mostram direitinho esta tendencinha.





10/09/2014

LOOKINHO DA CLARISSA E DO FRED

Eu sei que já contei para vocês que eu adoro receber fotos de leitores com os seus lookinhos favoritos e agora vou falar denovo: Eu adoro e adoro muito! Mandem fotinhos dos seus filhotes para eu postar aqui, amo saber como vocês se vestem, quais as marcas que mais amam e poder acompanhar o crescimento dos seus filhos é demais!

Hoje é dia de ver dois lookinhos fofos de leitores assíduos aqui do blog. 

A Clarissa já está uma moça linda e o Fred que com este oclinhos parece o "Clark Kent" os dois são filhos da Virgínia Melo

Obrigada pelas fotinhos, mandem mais! Bjocas 




Clarissa veste conjuntinho de saia e blusinha da Carinhoso 
Fred veste camiseta da Zig Zig Zaa e bermuda Renner


08/09/2014

SAPATINHOS DOURADOS

Uma das minhas cores favoritas para sapatinhos de menina é o dourado.

Tenho uma preferência grande pelos sapatos que brilham e nem sei explicar porque. Na minha opinião a cor dourada completa muito bem os lookinhos básicos, é o toque final perfeito para dar classe a produção infantil.

A coleção verão Ortopé está cheinha de sapatinhos dourados. Um dos modelos que eu mais adoro é a sapatilha com desenhos perfurados e lacinho com pendurico de cristal.  O modelo é super delicado, fresquinho e tem uma facilidade ótima para as mamães: o fechamento é com velcro bem prático para calçar!

Além de todo o estilo, a sapatilha é de couro macio e este modelo tem a palmilha ortoflex, super confortável.

Quero já!



05/09/2014

LAVAGEM DE ROUPINHAS DE BEBÊS

Olá...

Tudo bem com vocês?

Depois de um mês e meio visitando o Sul, estou de volta ao Recife... mas adivinha? Voltei inspirada para as próximas semanas! Espero que gostem!

E para esta semana a sugestão veio da minha comadre Bethania, que é a mamãe da Luiza (fofura que já apareceu no blog algumas vezes!). Não somente a ideia veio dela, mas muitas das sugestões que colocarei a seguir. Assim, o post de hoje é dedicado à lavagem de roupas de bebês e crianças!

Para começar, a recomendação é que as roupinhas do bebê sejam lavadas com sabão de coco ou sabão neutro no primeiro ano de vida. O motivo é evitar o contato da pele do bebê com produtos químicos, como os perfumes e os corantes, que pode causar alergiasbrotoeja ou dermatite. Além disto, nada de amaciantes, alvejantes, sabão em pó comum ou removedor de manchas. E muito cuidado com produtos que se dizem especiais para lavar roupas de bebê. Normalmente eles têm perfumes e corantes e não são tão neutros quanto o sabão de coco ou o sabão neutro. 

Além disto, nenhuma roupinha deve entrar em contato com a pele dos bebês sem ter sido lavada previamente. Portanto, o ideal é lavar todo o enxoval lá pelo sétimo mês de gestação. Na realidade, não existe uma regra, mas lavar cedo demais pode acabar por empoeirar e atrair fungos e ácaros, enquanto que deixar pra lavar no fim da gravidez pode ser cansativo para a gestante ou até uma surpresa inesperada pode vir antes do tempo.

Outra sugestão, quando se tem muitas roupinhas, é ir lavando por etapas, mas deixando duas numerações prontas e limpas antes do bebe nascer (RN/PP e P), pois nunca se sabe exatamente o tamanho que o neném chegará e com quanto tempo ele deixará de usar tais peças. O restante pode ser lavado depois aos poucos.

Não há nenhuma contra-indicação em usar a máquina de lavar. Porém, para as peças mais delicadas, prefira a lavagem à mão. O mais importante é caprichar no enxágue para que não fiquem resquícios do produto no tecido. Contudo, uma vantagem de lavar as roupinhas na máquina (além da enorme praticidade) é que as roupas são mais bem enxaguadas que quando lavamos manualmente, o que elimina melhor o sabão da roupa. Para completar, a centrifugação retira bem a água, fazendo com que seque mais rápido e estrague menos que as peças torcidas à mão.

Como o processo de lavagem do recém-nascido é diferenciado, algumas mães preferem não juntar a roupa do recém-nascido com as do resto da família. Esse cuidado também ajuda a evitar que a sujeira da roupa dos adultos entre em contato com as peças do bebê.

E se você esta preocupada que terá poucas roupas para completar a máquina, não esqueça que as crianças se sujam muito nos primeiros meses e têm que trocar de roupas algumas vezes por dia e, provavelmente, o volume de roupinhas para lavar será grande.

Últimas dicas vindas da Betha e também da Dani... se você for lavar à mão, pode aproveitar a água da banheira para dar uma pré-lavada nas roupinhas. Para tirar as manchas de papinha e outras usar sabão em barra (coco) e uma escovinha e, quando não sair, pode colocar a roupa mergulhada na água com sabão de coco e deixar por algumas horas no sol. E, por último, caso fiquem resquícios de manchas amareladas nas roupinhas, cuide para que as mesmas sejam secas ao sol, que as mesmas sumirão.

Ah, ia quase me esquecendo, no início a orientação também é que se passe com ferro bem quente as roupinhas.

 Fonte: Varal da casa da Betha e da Luiza.

E ai? Gostaram? Espero que sim!!


Até a próxima sexta.


03/09/2014

VERÃO DA ELIAN

A Elian lança sua coleção de verão e aposta em lookinhos confortáveis que contam histórias e que fazem as crianças saírem para brincar. Confira a coleção Elian junto comigo e conclua que ela é perfeita para ser usada em diversas situações do dia a dia infantil, é uma marca que cai bem sempre.

A coleção feminina está super delicada. As peças vem recheadas de estampas fofinhas que as meninas amam. Muitas estampas florais, pequenos corações, desenhos de animais, ilustrações de meninas, todas estas formas lindinhas vem aplicadas em saias, blusinhas, vestidinhos, shorts e leggings, tudo super feminino e delicadinho.

Para os meninos a Elian elaborou peças variadas e bem tradicionais no guarda roupa deles. Muitas t-shits, regatas com sobreposição de camisa e bermudões são as principais apostas. A Coleção Elian Masculina Infantil tem o escotismo como tema, e explora o desenho da flor­de­lis e elementos como barracas, medalhas, estrelas de mérito dos escoteiros e estamparia imitando madeira e folhagens.

Veja algumas imagens da campanha.