31/10/2014

TUDO EM SEU LUGAR!

Oi oi... há cerca de um mês vi uma revista Crescer na recepção do prédio onde moro, a revista era antiga, mas peguei para dar uma olhada e procurar inspiração para algum post diferente. Assim, desde então, estou querendo falar sobre este assunto: idéias práticas para arrumar a bagunça da criançada. Posso não ter filhos ainda, mas quem me conhece sabe que adoro uma organização e, além disto, sou super metódica (traduzindo: tenho todo o tipo de método de arrumar a bagunça ou fazer limpeza)!

Bolas, bonecas, jogos, carrinhos, apitos, livros, ursinho de pelúcia… nossa muita coisa… A medida que as crianças crescem a quantidade de brinquedos e tralhas vão só aumentando e com eles a bagunça vai se instalando. E à medida que vão crescendo a tendência é que a situação se torne mais crítica, já que dificilmente os pequenos irão querer doar seus parceiros de uma vida. Assim, se a bagunça é inevitável, como organizar quarto infantil de forma que os brinquedos e demais objetos fiquem guardadinhos quando não estão sendo utilizados? Isso é uma tarefa que exige dedicação dos pais, e compromisso dos filhos, mesmo que ainda novinhos.

Pais e educadores sabem que crianças são excelentes aprendizes. E não seria diferente neste caso. Portanto, quanto mais cedo e depressa começarem a sentir gosto pela organização, mais rápido terão prazer em arrumar sua própria bagunça.

Assim, separei 10 dicas simples e fáceis para organizar os brinquedos e livros dos seus filhos. Ah, pode ser que o post é muito longo, mas é que aproveitei e coloquei muitas imagens para dar mais inspiração ainda!!

1- Invista em caixas transparentes, já que facilitam e harmonizam a organização, além de tornar o brinquedo mais atraente e facilita para as crianças acharem o que querem brincar. Uma sugestão e preenche-las com os brinquedos miúdos, como blocos de montar e bonecos em miniatura. Mesmo que seu filho não saiba ler ainda, uma outra dica é etiquetar a caixa com o nome do conteúdo da mesma.

 

Outra idéia para guardar miudezas, figurinhas e revistas é utilizar uma sapateira (transparente) suspensa atrás de uma porta, ou em sacolinhas como estas, fica uma graça! 

2- Use e abuse dos recipientes, eles são sempre uma mão na roda, podem ser usados para bichos de pelúcia e outros bonecos de tamanho médio ou grande. Para a criança achar fácil seus brinquedos, separe por cor do recipiente, isso ajuda muito na hora de guardar também. As caixas de tecido, além de serem lindas e super coloridas, são leves e fáceis de carregar.




3- Se tiver prateleiras no quarto, organize cada uma delas, usando caixas com identificação e separe pelo tipo de brinquedos (de montar, carrinhos, bonecas, bichos pelúcia etc.). Organize cada prateleira, usando caixas com identificação e separe pelo tipo de brinquedos (montar, carrinhos, bonecas, bichos pelúcia, etc). Se não tiver prateleiras e o quarto for de menino, skates podem se transformar em prateleiras super descoladas e a meninada adora.





Prateleiras também são um ótimo local para a expor a coleção de carrinhos dos seus filhotes e as mesmas podem existir no quarto do seu filho por muito tempo (esta imagem quem me forneceu foi meu primo Raul e ele hoje já é bem crescidinho!!).


4- Para organizar materiais como tintas, lápis, canetinhas, gizes de cera, pincéis, cola, etc, uma boa opção são os vasinhos coloridos para plantas ou porta talheres de plástico. Para isto, cada material deve ter um lugar específico e agrupado em categorias. Outra ideia é utilizar materiais recicláveis como latinhas e potinhos e aproveitar e fazer artesanato com seus filhotes, aposto que eles irão adorar colocar as mãos na massa!!





5- Deixe os livros sempre na altura das crianças para que elas possam ter fácil acesso. Guarde por ordem de tamanho: do maior para o menor.




6- Se seus filhos compartilham o mesmo quarto, o melhor é organizar separadamente as coisas de cada um. Use prateleiras e gavetas mais baixas para os menores e as mais altas para os maiores. Se seu filho for muito pequeno, é preferível manter os brinquedos em lugar conveniente para você pegar e guardar.



7- Aproveite o espaço existente debaixo das camas para guardar brinquedos pequenos ou o que quiser. 



8- Destine uma caixa colorida para cada um de seus filhos, de preferência grande o bastante para receber brinquedos. Quando as caixas estiverem cheias, ajude-os a separar e guardar tudo quanto for possível. É uma maneira de seus filhos ajudarem a guardar seus brinquedos de uma forma mais divertida.


9- Se o quarto for pequeno, uma ideia ótima de aproveitar o espaço aéreo e ainda deixar a decoração divertida são os ganchos. Instale alguns ganchos na parede e pendure as mochilas ou então pequenos baldinhos para guardar tranqueiras. Essa dica é também bem legal para pendurar os trabalhinhos mais legais dos seus filhos: pegue alguns grampos de roupa, cole neles uma fita dupla face e grude-os na parede ou em um varal. Agora é só expor as obras-primas dos seus filhotes, eles adoram!









10- É importante que as crianças estejam envolvidas na organização. Assim, elas já vêm como é importante deixar os brinquedos arrumados e ficam mais conscientes. Para criar excelentes hábitos de organização, envolva as crianças na tarefa desde cedo. Você pode tornar esta tarefa muito divertida: destine uma caixa colorida para cada um de seus filhos, de preferência grande o bastante para receber brinquedos.


E muuuuuuuito importante: Dê o exemplo mantendo o seu quarto arrumado e demonstre entusiasmo pela tarefa de organização, assim as crianças se contagiam.

Então, o que acharam?? Espero que tenham gostado das idéias.

Obs.: Todas as imagens foram tiradas de páginas aleatórias na internet.


29/10/2014

EU QUERO! LOOKINHOS EM DEGRADÊ

É moda e estão em todas as vitrines e marcas do Brasil. Os lookinhos infantil em degradê são charmosos e estilosos. Vale misturar o degradê com jeans, ou com outras peças que sejam lisas ou até mesmo as estampadas, só tem que ter o cuidado de manter o bom gosto na produção e não "pecar" por exagero.

Esta modinha serve para meninos, meninas e bebês e é claro que para os adultos também, afinal o mundo da moda das crianças é bem parecidinho com o nosso. 

Todo mundo combinando neste estilinho. Desejo a você muita cor neste verão!







25/10/2014

ESTÁ FICANDO QUENTE AQUI

Coisa boa esse calorzinho que anda fazendo. Na primavera, o clima no Sul é assim: cedinho pela manhã é bem fresquinho e os looks pedem um casaquinho, já as tardes são quentes e ensolaradas, e os looks são totalmente verão. Eu encaro esta diferença de temperatura diária da seguinte maneira: uso roupas leves e fresquinhas com sobreposições de peças para aquecer que sejam facinhas de remover.

Estou de olho nas coleções de alto verão e suas as novidades. Outubro é o mês que os fabricantes de roupa e acessórios elegeram para fazer os seus lançamentos de alto verão (peças para serem usadas em temperaturas realmente altas).

A Beijinho, sempre muito docinha e delicada, mostra seus detalhes e encantos de alto verão pra gente. Muitos holofotes para as meninas de vestido e saia, feminilidade e delicadeza para ELAS desde pequeninas.






24/10/2014

OBESIDADE INFANTIL!!!!

Bom dia... nem tanto assim... na realidade é um mau dia!!!
Hoje assisti um vídeo que me deixou apavorada e totalmente indignada (inclusive meu marido comentou que minha cara estava péssima enquanto eu estava olhando o vídeo!!!) Mas acho melhor começar contar a historia desde o início: dia 16 de outubro foi o dia dos engenheiros de alimentos (para quem não sabe eu sou uma destes), mas também foi o Dia Mundial da Alimentação, por este motivo achei interessante falar sobre a obesidade de crianças e suas principais causas, o excesso de açúcar, sal e gordura. Assim fui pesquisar mais sobre o assunto e encontrei um vídeo/documentário chamado Muito Além do Peso, que basicamente relata a história de como crianças de vários tipos de classes sociais com problemas gerados pela obesidade vivem, muitas das crianças nem sabem o nome correto das frutas e verduras. Além disto, o filme mostra dados gerados por pesquisas mundiais, é encarado como a realidade quem ninguém vê.
Assim, depois de ver o filme fiquei mais motivada ainda a escrever sobre o assunto, mas encontrei os seguintes dados alarmantes:
  1. A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) estima que o número de crianças obesas do Brasil cresceu 240% nas últimas duas décadas, assim o problema já é considerado uma epidemia mundial.
  2. A OMS (Organização Mundial de Saúde) calcula que, no mundo, uma em cada dez crianças está acima do peso.
  3. A obesidade infantil tende a se estender para a idade adulta: cerca de 40-70% das crianças que chegam à adolescência obesas se tornam obesas pelo resto da vida.
  4. Em 2010, havia 42 milhões de crianças com sobrepeso em todo o mundo, das quais 35 milhões viviam em países em desenvolvimento.
  5. 46% das crianças brasileiras de 0 a 5 anos consomem biscoitos e refrigerantes diariamente.

Acho que é consenso geral que antigamente, ver os netos gordinhos era a alegria das avós, já que ser uma criança rechonchuda e de bochechas coradas era sinônimo de criança saudável. Entretanto, hoje, a coisa mudou de figura, pois a obesidade infantil transformou-se num problema sério de saúde, numa epidemia que se alastra e já atinge parte expressiva da população nessa faixa de idade. As causas são muitas, mas pesam os hábitos alimentares baseados no fast food, salgadinhos e guloseimas e as horas passadas em frente da televisão ou jogando videogame. Mas a preocupação não é apenas com a estética, pois muitas crianças com excesso de peso apresentam alterações nos níveis de colesterol, são descriminadas pelos companheiros e alvo de brincadeiras de mau gosto (eu fui uma destas e posso confirmar).
As crianças destas novas gerações não consomem verduras, legumes, frutas nem peixes, por total falta de hábito alimentar. A esta realidade também se pode somar a ausência do hábito de tomar o café da manhã – muitos ignoram esta refeição que é a mais importante do dia e está diretamente implicada na regulação do peso. Por outro lado, os acertos na alimentação infantil acontecem quando os pais se preocupam com sua alimentação e isto reflete na formação dos hábitos alimentares de seus filhos. Pais com bons hábitos alimentares provavelmente terão filhos com bons hábitos e, desta forma, a possibilidade de que estas crianças apresentem sobrepeso serão baixas.
Assim, vou enfatizar novamente que o controle da obesidade infantil começa em casa, com refeições balanceadas, estímulo à atividade física e mudança dos hábitos alimentares de toda a família. Assim, os pais precisam entender dois pontos importantes desde cedo:
  1. Como “eles” são os formadores dos hábitos alimentares de seus filhos devem sempre dar exemplo, já que as crianças irão imitá-los por muito tempo;
  2. A comida não pode ser considerada um prêmio, nem tão pouco um castigo. A comida deve ter seu lugar, sua hora e seu controle. Novamente, os grandes responsáveis pelo sobrepeso de uma criança são seus pais, aqueles que determinam o que se consome em casa e fora dela. Normalmente, sejam pelos seus erros ou obsessões (hábitos), ou pelo desconhecimento dos pais, as crianças consomem mais quantidade de alimentos do que necessitam, optam por alimentos ricos em gordura, açúcar ou sal, presentes em grande quantidade nos alimentos industrializados.

Acho que vou parar por aqui, antes que o texto fique muito longo. Espero que eu tenha conseguido chamar a atenção de vocês para a importância que tem este assunto.
Beijos e até a próxima semana.

Ah, para quem não tiver tempo de olhar todo o vídeo Muito Além do Peso, segue o link de um resumo do mesmo (vale a pena assistir, pelo menos este!!) e também de uma explicação da quantidade de açúcares, gorduras e sal em alguns alimentos industrializados.




22/10/2014

LOOKINHOS DA CAROLINA

Esta gatinha de olhos claros e pele bem branquinha das fotinhos é a Carolina.

Vi estas imagens no perfil da minha fotógrafa favorita, a Angélica Marques, e logo identifiquei que esta linda bebê vestiu Bugbee no ensaio fotográfico que fez com a família.

Não resisti a este rostinho lindo somado ao trabalho de uma fotógrafa super talentosa e mais uma marca de roupinhas mega aprovada pelo blog, tudo combinado ficou um encanto, por isso eu não poderia deixar de registrar também.

Obrigada aos papais Jenifer e Juliano por permitirem publicarmos estas imagens.